Apresentação
Membros
Participantes
Formação Psicanalítica
Atividades
Freudtag
Notícias
Biblioteca
Links
Entre em contato

Notícias selecionadas por
Maria da Glória Telles da Silva



Oferecemos
atendimento
para pessoas
de todas as idades, orientação a pais e supervisão de casos
.
Agendamento
por meio dos telefones
51 9122 6045
51 9189 3110
51 9977 9550

ATIVIDADES DA BSFREUD
EM 2016



Leitura do Seminário 16, 
de
Jacques Lacan:

  - De um Outro ao outro
  Segundas-feiras, das 20h30min às 22h.
  Coordenação:
  Luiz-Olyntho Telles da Silva


Leitura do Seminário18,
de Jacques Lacan:
  - De um discurso que não seria
    do semblante

 
Terças-feiras, das 17h30min às 19h.    
  Coordenação:
  Luiz-Olyntho Telles da Silva



Psicanálise e Literatura
- Leituras cervantinas

 
Na quarta quarta-feira de cada mês,
  das 19h30min às 21h.
  Coordenação:
  Luiz-Olyntho Telles da Silva.
                                   
Leituras
(Luiz-Olyntho Telles da Silva)
2ª Edição (2016)
revista, corrigida e  modificada
agora disponível em
PDF
aqui
ARTIGOS RECENTES:
Compulsão a repetição e gozo
no INFERNO de Dante.
Ou
Do gozo à falta. @
p/ Mª da Glória S. Telles da Silva


A relação médico-paciente @
p/ L.-O. Telles da Silva
     
 ALBA MEDINA

*Montevidéu, 26 de maio de 1942
+Montevidéu, 22 de agosto de 2015
.

NECROLÓGIO
 

FREUDTAG
2015

aqui

A INTIMIDADE EXPOSTA DE
HILDA HILST

Ocupação em São Paulo explora a vida íntima da escritora e poeta brasileira

Infância e sexualidade sempre são assuntos perturbadores, quando se cruzam, tendem a causar grandes comoções. Poucos ousam falar, escrever ou contar o que se propaga na intimidade dos pensamentos e sentimentos da primeira década de vida em relação às fantasias e vivencias sexuais. Assunto geralmente de foro íntimo, próprio aos consultórios de analistas, quando tratados de forma pública tendem à obsenidade. Mas nem sempre. Isso é o que surpreende no O caderno rosa de Lori Lamby, de Hilda Hist. A escritora e poeta tem parte de seu acervo literário exposto em São Paulo, no Itaú Cultural, até 21 de abril.
Leia aqui o artigo de
ALBERT CAMUS SEGUE ATUAL, SETENTA ANOS DEPOIS.
Leia aqui o artigo de
FABIO SILVESTRE CARDOSO
Nota de falecimento:
Faleceu, no início de setembro/2013, nosso colega OLIVIER GRIGNON.
Era membro da Escola Freudiana de Paris e em 1984 fundou o Círculo Freudiano. com Michele Abbey, Jacques Hassoun e Pascale Claude Rabant Hassoun, Daniel Weiss e outros. Em 2002, publicou Corpo de Lágrimas. Sua mais recente conferência, em 2012, foi Medicina e Associação de Psicanálise.
OLIVIER GRIGNON foi um particular amigo. Estivemos juntos aqui em Porto Alegre, em Barcelona,  Paris e também em New York, onde estivemos ambos convidados por Après Coup. Sempre desfrutamos de bons momentos  e de boas discussões em torno a Psicanálise. Na ocasião de seu passamento, quero associar-me a Jean-Jacques Moscovitz (que é quem forneceu a informação) nos cumprimentos a sua família da qual sempre me falou com carinho.
Luiz-Olyntho Telles da Silva
OS OLHOS DA ITÁLIA
Acervo com 71 obras de pintores italianos estará exposto ao público partir de sábado, na mostra Classicismo, Realismo, Vanguarda: Pintura Italiana no Entreguerras.
29 de agosto de 2013
Leia aqui o artigo de
ANTONIO GONÇALVES FILHO
FEDERICO FELLINI
E O CARNAVAL DA IMAGEM

Celebrando os 20 anos de morte de Fellini, o Museo do Cinema de Amsterdã apresenta a maior antologia sobre o diretor de cinema italiano. Filmes, fotografias, reportagens de jornal e fragmentos de seu livro Libro de los Sueños, reconstroem sua trajetória.
Leia aqui o artigo de
Isabel Ferrer Ámsterdam
FREUD E A LITERATURA
Na busca pela elucidação das complexidades da alma humana, por vias distintas, mas paralelas, psicanálise e literatura buscam apreender e recriar os infinitos mundos que habitam a humanidade.  
Leia aqui o artigo de
O SEGREDO DA CHINA
MELHOR GUARDADO

Os guerreiros de Xian: Guarda do Imperador
Encontrado na cidade Yangzhou, na China, a tumba do imperador Yang Guang. Bem mais modesta que o atual Mausoléu - agora reconhecido como falso -,  que levava milhares de turistas a sua visitação. Esse imperador governou entre 604 y 618 e era considerado como um vil tirano.
Leia aqui o artigo de
Zigor Aldama Shanghai

O ALCOOL É MAIS BARATO DO QUE A FICÇÃO
Cada vez mais vivemos um tempo em que, na cultura, a narrativa cede lugar para o visual; em que o simples ato de consumir é mais estimulado que degustar o que estamos consumindo. Vivemos a cultura do preenchimento e parece que muitos esquecem que só o ‘esvaziamento’ pode fomentar mais vida, mais criação.
Leia aqui o artigo de
UMA VISITA AO
ANALISTA DE BAGÉ

Leia aqui a crônica de
Rubem Penz

FREUDTAG
Aconteceu, em 6 de maio de 2013, a décima primeira edição do FREUDTAG, dia em que nos reunimos para brindar seu natalíco em torno à leituras de suas cartas
, prestando assim nossa homenagem. Nessa ocasião, além das leituras de cartas, tivemos uma intervenção sobre a "Literatura epistolar via correio comum e via correio eletrônico" realizada pelo psicanalista Dr. José Luiz Canon, com comentários do psicanalista Luiz-Olyntho Telles da Silva. Os Membros Participantes da Biblioteca Sigmundo Freud, Juan Carlos Mosca e Beatriz Duró Paez, enviaram carta que foi lida aos participantes do evento.
O MENINO QUE TERMINOU SENDO PICASSO
Uma mostra que indaga os primeiros anos do pintor, nos leva a conhecer, na paleta de Picasso, nascido em Málaga, os traços deixados por suas primeiras experiências vividas com seu pai em sua cidade natal.
Leia aqui o artigo de
A EDUCAÇÃO PELA ESCUTA
Como navegar pelos mares da educação? A escritora e psicanalista Betty Milan, em seu novo livro, aposta na via da escuta como bússola dessa árdua e impossível tarefa.
Em “Carta ao filho”, Betty Milan refaz toda sua trajetória para poder compreender o filho; autora lança livro no Espaço CULT.
Leia aqui o artigo de
HEITOR FERRAZ MELLO
A LITERATURA ESTÁ SENDO POSTA DE LADO
Destacando o caminho cíclico que percorre a literatura ao longo de sua existência, Francisco Rodríguez Adrados, último Premio Nacional de las Letras (Espanha) ainda enfatiza sua origem e força oral. Nossa cultura navega em um rio onde converge a influência da literatura do Egito, Oriente próximo, Grécia, Roma, a Idade Média europeia e as literaturas europeias e das americanas modernas.
Lea aqui o artigo de
JAVIER RODRÍGUEZ MARCOS

RICHARD WAGNER
Nos 200 anos de nascimento de Wilhelm Richard Wagner (Leipzig, 22 de maio de 1813 — Veneza, 13 de fevereiro de 1883) , três artigos do Jornal El País  homenageiam  este genial e polêmico compositor.
GRACILIANO RAMOS
Dênis de Moraes, Biografo de Graciliano Ramos, destaca em seu O velho Graça características desse ficcionista que não se deixou dobrar por ilusões políticas, terminando a vida sem o devido reconhecimento pela obra que nos legou.
UM DUCHAMP RELACHADO
Seria Duchamp um artista do Real, buscando equiparar arte à vida, onde nem tudo pode ser decifrado ou interpretado?
Leia aqui um artigo de
CAMUS, EM BRANCO E PRETO
Num mundo onde tudo está feito para considerá-lo multicolorido, o retorno ao preto e branco é um recurso que nos lembra o monocromático de inúmeras situações que a vida nos propõe.
Leia aqui o artigo de
ELZA FÉRNANDEZ-SANTOS

A BÍBLIA EM VERSOS DE
RUDYARD KIPLING

Um novo Kipling, poeta, emerge nos escombros do imperialismo inglês. Um viés pouco conhecido desse Nobel escritor, trás uma luz sobre suas vivências de uma selva que também está incrustada na dita urbanidade.
Leia aqui o artigo de
PATRICIA TUBELLA

ATENAS, UMA CIDADE A BEIRA DO ABISMO.
Neste artigo, que entrevista a poetisa grega Kiki Dimoula, identificamos um retrato que serve não só a sua cidade de Atenas, mas fala (quem sabe antecipa) de uma leitura sobre como caminha a humanidade.
Leia mais
O XADREZ DA LÍNGUA

Em 2013 comemora-se 100 anos de morte do importante lingüista Ferdinad de Saussure. “Docente obscuro numa metrópole europeia de segunda linha, mudou a compreensão do mundo sobre temas como gênero, raça, religião, diversidade cultural, Europa, Oriente e Ocidente. Cem anos depois, sua morte ainda nos pega de surpresa”.

Leia mais
MUSEUS INCOMUNS

Quando pensamos em arte, exitem, espalhados pelo mundo, inúmeros e bons museus que vale a pena conhecer. Mas existem também alguns museus que chamam atenção pelo inusitado de seu acervo. A Folha de São Paulo publicou artigo destacando oito desses museus.

Leia mais
ANDY WARHOL

200 desenhos assinados pelo artista em sua juventude, serão expostos agora no Museo Louisiana de Copenhague, após serem descobertos, em 2011, no arquivo de sua Fundação. Estas obras correspondem aos anos de formação do artista, que chegou aos Estados Unidos no final da década de quarenta.
Em Porto Alegre, o Café do Porto (rua Padre Chagas) expõe, até 8 de fevereiro, serigrafias de Andy Warhol.
Leia mais
Os escritores e os livros que protagonizarão 2013

Na Espanha teremos um inédito de Juan Ramón Jiménez, a poesía completa de Anne Sexton e todos os contos de Anton Chekov, até os livros premiados nos Estados Unidos, Reino Unido, França e Itália, passando por escritores em espanhol como Muñoz Molina, Laura Restrepo, Fernández Cubas e autores  potenciais como o mexicano Yuri Herrera. E também ensaios sobre a crise econômica, a mulher na história, Espanha e muitas biografias além da literatura espistolar.
No Brasil, começa-se a comentar o novo livro do psicanalista Luiz-Olyntho Telles da Silva, Um elefante em Albany Street.
leia mais


REUNIÃO LACANOAMERICANA
DE PSICANÁLISE  / MONTEVIDÉU

28/10 - 31/10/2015


REUNIÃO LACANOAMERICANA
DE PSICANÁLISE / BUENOS AIRES
30/10 A 2/11/13

Atas
-
Conheça as Atas da
REUNIÃO LACANOAMERICANA
DE PSICANÁLISE / BRASÍLIA / 2011


UM FRAGMENTO DE FINNEGANS WAKE,
na tradução CAETANO W. GALINDO.

Leia aqui o artigo da
FOLHA DE SÃO PAULO
J. D. SALINGER: Obras inéditas do autor vazam na internet e contrariam vontade do autor.
Leia aqui o artigo da
Folha de SãoPaulo

PRIMEIRA GUERRA MUNDIALl:   Jornalista lança obra que retrata, em quadrinhos, uma das batalhas
Leia aqui o artigo de
WILLIAM KENTRIDGE
O sul-africano William Kentridge tornou-se referência internacional e construiu uma carreira que inclui passagens pelas mostras mais importantes do mundo. Seus trabalhos borraram as fronteiras que um dia possam ter existido entre artes visuais e cinema.
Sua exposição já esteve em Porto alegre em março deste ano, e agora fica até novembro ma Pinacoteca do Estado, em São Paulo.
28 de agosto de 2013
Leia aqui o artigo de
MARIA HIRSZMAN
TERRA MÁTRIA
Conheça Thomas Mann em terras brasileiras. O livro Terra Mátria, que traz dezenas de documentos inéditos, como cartas de Thomas e de Heinrich, será lançado na FLIP 2013.
Leia aqui o artigo de
CASSIANO ELEK MACHADO
LITERATURA SEM DEUS
O escritor e psicanalista Wesley Peres, em seu livro As pequenas mortes, encontra no recurso da escrita um meio de abordar as relações entre corpo e linguagem. “Falamos para humanizar o silêncio da carne, reparti-lo. Para dar rede a essa explosão que nos habita”.
Leia aqui o artigo de
YASMIN TAKETANI
LEMINSKI AINDA É POP
Nem tudo está perdido nesse mundo. Em meio a uma onda de literatura de qualidade duvidosa, vemos emergir um fenômeno raro: encontrar entre os livros mais vendidos a poesia de um escritor brasileiro e morto há mais de 20 anos. Trata-se de Paulo Leminski
A VIAGEM  DE LORCA
Até julho de 2013, a Biblioteca Pública de Nova York está expondo uma mostra que reúne papéis e objetos de Federico Garcia Lorca, num ambiente que condensa e reproduz a atmosfera dos dormitórios e quartos de trabalho do poeta espanhol. Sob o argumento de que ele era "mais perigoso com a caneta do que outros com o revólver", foi preso, em 1936, e pouco depois assassinado pelos Nacionalistas.
Leia aqui o artigo de
Antonio Muñoz Molina
RÁDIO FINLANDESA TRANSMITE NOTÍCIAS EM LATIM
Ainda há quem opte por transmitir cultura ao invés de tragédias.
Leia aqui o artigo de
John Tagliabue
A ARTE E A VONTADE DE VIVER
Se quisermos alcançar a realidade da vida, devemos buscá-la na realidade da arte. 
Leia aqui o artigo de
ARNALDO JABOR

FRIEDRICH WILHELM NIETZSCHE
Humano,
demasiadamente humano.

Assista aqui um vídeo sobre a vida e a obra do filósofo do Übermensch,
produzido pela BBC de Londres.

@
ANNE SEXTON
Para a talentosa poetisa, enfrentar e suportar o enigma da vida foi superado pela tentação de entregar-se a morte. Vencida, nos resta o legado de sua poesia, efeito das inquietações transcorridas em sua vida. 
Leia aqui o artigo de
ELSA FERNÁNDEZ-SANTOS

UMADEFESA DA MELANCOLIA
Nem todos os buracos devem ser eliminados. Há certas hiâncias que devem ser preservadas, pois sem elas corremos o risco de paralisar a vida. Uma certa dose de vazio e de falta é imprescindível para não empobrecermos.
Leia aqui o artigo de
JOSÉ CASTELLO
SYLVIA PLATH
                            X
ALEJANDRA PIZARNIK...
 EM UM SÓ CENÁRIO

Poetas que, em suas curtas vidas, nos legaram o valor das palavras, que, com sua força, contornam e delineiam seu confronto com a morte, propulsora de nossa existência.
Leia aqui o artigo de
MARITZA CINO ALVEAR

DA SALA DE TORTURA À SALA DE ARTE
O novo MAR (Museo de Arte do rio de Janeiro) vale-se do conceito hegeliano da aufhebung: sem ignorar suas marcas históricas, toma-as para operar uma transformação. O MAR é uma aposta que a cultura resignifique a história.
Leia aqui o artigo de
FRANCHO BARÓN

FRITJOF CAPRA LANÇA ANÁLISE DA OBRA DE
LEONARDO DA VINCI

Físico fala de Da Vinci: um gênio, muito além de seu tempo, que foi capaz de produzir arte e conhecimento considerando a complexidade do homem.

Leia aqui o artigo de
ANTONIO GONÇALVES FILHO
JAMES JOYCE NA CULTURA POPULAR
Quem tem medo de Janes Joyce? Aqueles que pensam que Joyce foi feito apenas para esferas intelectuais, estão enganados. De diferentes formas ele circula no universo do entretenimento popular. Um grande nome que ganha cada vez mais espaço na cultura do mundo.
Leia aqui o artigo de
Jonathan Goldman
REFLEXÕES SOBRE A MORTE
Sábias palavras de La Rochefoucauld sobre um tema que se costuma evitar pensar ou, na atualidade, banalizá-la ao pondo de explorar seu temor como item de consumo: a morte.
Leia aqui o artigo de
ALCIR PÉCORA

A NADA SANTA
ALMA FREUDIANA


p/ Mario Eduardo Costa Pereira
É o desejo que emerge como motor erótico da alma, confrontada à castração de sua própria incompletude.                     Leia mais

Amar, verbo ridículo

Há quem leve a sério as palavras do Poeta Álvaro de Campos.

     Todas as cartas de amor são
     Ridículas.
     Não seriam cartas de amor se não fossem
     Ridículas.


 Em Belo Horizonte, organizou-se um concurso para premiar cartas de amor.
Leia mais

DAVID FOSTER WALLACE


considererado, hoje, um dos escritores americanos mais inovadores e influentes dos séculos XX e XXI. O seu A vassoura do sistema, publicado em 1987, aparece pela primeira vez, agora, em espanhol, e pode-se ler aqui o primeiro capítulo desse que é um dos autores mais aplaudidos das últimas décadas.
Leia mais